Menu

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Perfuração de Crânio com mais de 10 mil anos

  image

     Em 1921, o Museu Britânico recebeu um crânio humano achado por trabalhadores que exploravam uma mina de zinco, situada na colina de Broken Hill, na Zambia (antiga Rodesia do Norte).

     Os paleontólogos chamaram-no de "Homem de Broken Hill" ou "Homem da Rhodesia".Trata-se de um homem moderno: da raça Cro-Magnon, que viveu há seis ou sete mil anos.

     Ele pertence a um indivíduo alto e de idade avançada para a época: uns cinquenta anos de idade.Porém, estudando o crânio perceberam duas coisas: Uma delas aparentemente inexplicável, aquele homem, que havia vivido a milhares de anos, tinha sofrido de uma enfermidade dental.

     E a segunda, mais inexplicável ainda, no lado esquerdo da caveira havia um buraco redondo de bordo plano. A limpeza da ferida sugere que foi causada por um projétil em alta velocidade, como uma bala.

     No outro lado a caveira está destruida como por ação do projétil ao sair do crânio.

     Segundo o professor Mair, de Berlín, pareciam buracos de entrada e saída exatamente iguais aos que deixaria uma bala moderna.

     Porém, este objeto enigmático não é único.

     Existe a caveira de um uro (tipo de bisonte extinto) que foi encontrado próximo do Rio Liena, na URSS.

     Ela apresenta um buraco perfeitamente redondo e polido, parecido uma ferida de bala. O uro viveu ainda muitos anos depois de ser ferido.

     Estas caveiras sugerem a surpreendente possibilidade de que há muitos milênios a agressividade humana já teve à sua disposição instrumentos mais sofisticados do que simples flechas de sílex.

 

Fontes:

Inconsciente Coletivo

http://www.taringa.net/

http://www.ahduvido.com/

10 comentários:

  1. Sempre duvidei da veracidade da precisão das idades relatadas pelos paleontólogos, o que penso é que depois de um certo tempo o processo de envelhecimento vai sendo alterado, ficando impossível se precisar a idade dos fósseis. Em outras palavras a evolução ainda é muito pouca para o homem rever a evolução. Ainda sou mais a bíblia.

    ResponderExcluir
  2. " Ainda sou mais a bíblia."
    Coitado de você, que prefere estórias sem pé nem cabeça, que não tem nada de racional, irineu.
    Só porquê a datação de certos artefatos não são precisas, quer dizer que a gibíblia é mais precisa que qualquer método científico? E o que esse livro explica sobre os dinossauros???
    Acorda prá vida, cara... quem vive em função desse livreto de estórias infantis está fadado a continuar a vida na escuridão da ignorância.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post

    Conheça o novo agregador de links www.surpriselink.com/Inicial nele você pode enviar links com imagem e sem imagem, enviar links com liberação imediata, widgets customizados para seu site/blog e o novo sistema de mensagens e amigos para você convidar outras pessoas a visitarem seu blog.

    Lembre-se quanto mais links você tiver na net, mais facil os buscadores acharão seu site/blog.
    Liberação de link imediata é bem melhor que ficar esperando não é? Então faça uma visita agora mesmo...

    ResponderExcluir
  4. "Ainda sou mais a bíblia".kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Foi a melhor dos últimos tempos.Ignorante,peixinho fácil para as igrejas por aí.

    ResponderExcluir
  5. O Cro-Magnon é o mesmo sapiens, porém este é o nome dado aos achados da Europa.
    As datações por C14 só começaram a ser feitas nos anos de 1950. Antes disso a datação era dada a partir do estudo estratigrafico. Contudo, muitos pesquisadores ignoram o fato de que a terra esta sempre em mudança. Em outras palavras, um objeto que se encontra na superfície, por uma razão ou outra (ação humana, terremotos, erosão...) pode ir para uns 50cm ou mais de profundidade. Enganando assim os pesquisadores a uma primeira observação.
    Em outras palavras, pode ser um cranio com menos de 500 anos.

    =)

    ResponderExcluir
  6. não deixa de ser intrigante..
    acredito que seja muito interessante estudar estes achados..

    ResponderExcluir
  7. A biblia não é um gibi, pois não tem ilustrações com balões de diálogo, seus burros imbecis.

    ResponderExcluir
  8. E lavem muito bem a boca pra falar que são vitimas de preconceito, porque é só um pobre homem falar o que acha que voces ja caem matando em cima.

    ResponderExcluir
  9. Pobre homem, Diego? Pobre mesmo... mentalmente, assim como você...
    E digamos que a bíblia seja um gibi sem quadrinhos, um livro como O Pequeno Príncipe, ou Chapeuzinho Vermelho...
    Agora se for ver a gibiblia for dummies das Testemunhas de Jeová ou a revistinha Sentinela, verá que é um gibi sim...

    ResponderExcluir
  10. Olá! Temos o prazer de lhe convidar, a conhecer o novo Agregador de Links da web http://nabocadosapo.com.
    Venha nos dar o prazer de ter sua presença.
    Não deixe de visitar a seção “Parceiros” - http://nabocadosapo.com/parceria e aumente suas visitas. Confira as vantagens.
    Na Boca do Sapo – Mais visitas para a sua página
    Desde já agradecemos por sua atenção!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...