segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Demônios

   image

          Os demônios são anjos caídos, que foram banidos da presença de Deus e desde então vivem em exílio, afastados do reino celestial, habitando tanto o mundo terreno, quanto o mundo dos mortos.

     Demonologia é um estudo detalhado sobre a organização dos demônios, não é uma religião como satanismo. Os demônios principais são 12, e são referentes a cada mês do ano: Janeiro Belial, fevereiro Leviatã, março Satã (Satanás, Satan), abril Belphegor, maio Lúcifer, junho Baalberit, julho Belzebu, agosto Astorath, setembro Lilith, outubro Baal, novembro Asmodeu, dezembro Morloch.

     Lista com os demônios mais comuns, embora em alguns casos, um deus ou deusa de uma religião, possa ser considerado um demônio para outra; ou numa outra época ser considerado um demônio ou até seguidores deste, como é o caso das bruxas, mas ter uma outra visão na época atual. 

Nome

O Que Representa

 

Aaba

     Demônio fêmea, de beleza irresistível, com capacidade de se disfarçar de mulher e seduzir quem bem desejasse. Contudo, curiosamente, era incapaz de presenciar derramamento de sangue.

 

 

Aamon

     Ele tem o poder de conhecer o passado e o futuro, é responsável por levar esse conhecimento a todos que fizeram pacto com o diabo. Este demônio é considerado um príncipe dos infernos, e possui 40 legiões de demônios sob seu comando.

 

 

Abaddon

    Este é um dos anjos do Apocalipse, sendo  referenciado na Bíblia no livro de Jó, (26,6), assim como no livro do Apocalipse, (9,11). Ele tem seu nome ligado como anjo do abismo, da morte, ou do inferno, por vezes, é identificado como o anjo exterminador. Ele também é visto como chefe dos demônios ou rei dos próprios.

 

Abbigar

     É um dos supremos presidentes dos infernos, e é possuidor de 36 legiões de espíritos impuros sob seu comando. Ele pode revelar a localização de coisas perdidas e escondidas.

 

Abigor

    Também conhecido como Eligor ou Eligos, é um Grande Duque do Inferno, regendo 60 legiões de demônios.

 

 

Abraxas

    Seu nome vem do motivo de estar (e ser) gravado em pequenas pedras para fazer amuletos (pedras Abraxas), ele representa dualidade em tudo aquilo que existe, pois, seu nome pode ser usado tanto para invocar Deus quanto o demônio, tanto luz quanto trevas.

 

Agiel

     O seu nome advêm da palavra hebraica: אגיאל – a inteligência, o espírito benéfico de Saturno. O nome desta entidade é referido em obras místicas como “A chave de Salomão”

Alastor

     Demônio da vingança e do crime.

 

Allocer

     Trata-se de um dos grandes duques do inferno, que tem 36 legiões sob seu comando. Este demônio pode induzir à imortalidade e ensinar os mistérios das esferas celestes.

 

 

Amon

     É um Marquês do inferno, tem o poder de revelar verdades sobre o passado e o futuro, possui 40 legiões sob seu comando, também tem o poder de desunir amigos, como unir pessoas que possuem desavenças. A controvérsia é seu dom e domínio.

 

 

 

 

 

Andras

     Às vezes ele é visto como um príncipe do inferno, outras como marquês, possui 30 legiões e é um demônio da discórdia. Andras é um perigosíssimo demônio, predador de homens. Ele é o 63º dos 72 espíritos demoníacos de Salomão, considerado altamente perigoso. Este demônio é conhecido por poder matar qualquer mago que conjure feitiços ou encantos, sem os adequados conhecimentos e força espiritual. Ele, também, é conhecido por incutir incontrolável ira nas pessoas, sendo responsável por atos de violência e guerra. Ele é invocado por lideres militares conhecedores das ciências das trevas, tal é o seu poder destruidor e enraivecedor.

 

 

 

 

Anticristo

     O anticristo é um demônio vampiro, que realiza a missão inversa de Cristo, ou seja: se Cristo deu o seu sangue pela humanidade, o Anticristo suga o sangue da humanidade. Diz-se que o anticristo nascerá da união entre uma virgem e um demônio. Toda a obra do anticristo visa à corrupção da humanidade pelos vícios e pecados. O anticristo é capaz de realizar grandes prodígios e milagres, tal como Cristo fez, e reza a lenda, que marcará os seus seguidores com uma marca enigmática, que normalmente se entende ser o número “666”.

 

 

Armârôs

     De acordo com o livro de Enoch, este demônio faz parte de um grupo de 200 anjos denominado “Os Vigilantes” ou “Os Observadores”. Estes anjos caídos parecem estar ligados á maldição e á corrupção. Os Armârôs são úteis na reversão de feitiços e encantamentos.

 

 

 

 

Asmodeus

ou

Asmodai

     O Destruidor é um dos mais antigos demônios, o pai dos jogos, do mistério e da perversidade. Sua meta é a destruição aos que a merecem. É tido como um dos cinco príncipes do inferno é  o demônio do sexo e da Luxúria, podendo tanto desunir como unir casais. Na Bíblia, (Livro de Tobias), é este o demônio responsável pela morte dos noivos de Sara.

     Certas teses demonológicas advogam que Asmodeus é filho de Adão e Lilith, sendo que foi gerado quando Lilith ainda era esposa de Adão e ambos viviam no paraíso. Mais tarde Lúcifer, veio a possuir Eva, (a segunda mulher de Adão), e desse segundo relacionamento sexual nasceu Caim. Caim e Asmodeus são por isso os primeiros primogênitos da história humana, ambos condenados aos domínios infernais.

 

 

 

 

Astaroth

     Um dos príncipes dos infernos tem seu nome citado na obra de Salomão. É um demônio da primeira e mais alta hierarquia, que influi sobre os pecados da preguiça e vaidade. Possui capacidade de ensinar ciências matemáticas, e revelar tesouros escondidos. Patrono dos banqueiros e homens de negócios, representa a ganância e a confirmação da posse, governa as paixões por jogo a dinheiro, mesmo sendo de personalidade extremamente possessiva, ele nunca irá roubar, dando preferências a pactos e ao comércio. Ele, também, pode responder a qualquer pergunta, se feita conforme as suas regras ritualísticas.

 

 

 

Azazel

     Foi um dos famosos demônios que desceram dos céus para se unir com as filhas dos homens, conforme descrito no livro de Gênesis. Em troca da união carnal com as mulheres, ele ensinou à humanidade as artes da guerra e da criação de armas. Para as suas mulheres, Azazel ensinou os segredos dos cosméticos, assim como lhes revelou os segredos da prática da Magia Negra.

Azucrim

     Entidade diabólica e molesta; Diabo.

 

 

Baal

     Um dos 7 príncipes do inferno, comandante das Tropas do Inferno, ou seja, uma das maiores potências militares dentre os demônios. Sabe-se também de sua natureza hermafrodita e que já foi adorado por caldeus, babilônios e israelitas.



 

Baalberit

     É chamado de "O Arquivista". É advogado astucioso e possui uma prodigiosa memória. Os fenícios o tomavam como testemunha de seus juramentos. Entre os séculos XV e XVII, apareceu invocado com frequência nos grimórios populares como campeão de causas perdidas.

 

 

 

Balam

     Um dos poderosos reis dos infernos, que comanda 40 legiões de demônios e espíritos impuros. Ele oferece respostas com grandes riquezas de detalhes sobre, passado, presente e futuro. A invisibilidade é tida como um dos dons que ele pode facultar a quem concede os seus favores, se bem que a invisibilidade é na verdade uma metáfora para a capacidade de realizar viagens astrais com o corpo espiritual.

 

 

Baphomet

     Demônio hermafrodita com cabeça de bode e longos chifres, supostamente adorado pelos Templários de acordo com o Rei Filipe IV da França e com apoio do Papa Clemente V, com o intuito de desmoralizar a Ordem do Templo.

 

 

Barbas

     O grande presidente do inferno possui 30 legiões de espíritos demoníacos. Pode conceder sabedoria sobre coisas que estejam escondidas ou perdidas, assim como artes mecânicas. Ele, também, pode ser a causa ou a cura de doenças, e dizem poder alterar as formas das coisas.

 

Bathin

     Duque dos infernos, possui 30 legiões, concede conhecimentos sobre os poderes ocultos das pedras preciosas, bem como sobre as virtudes das ervas.

 

 

 

Belial

ou

Beliel,

Beliar,

Berial

     Seu nome deriva do hebraico e significa Rebelde, Profano, O Desprezível e/ou Desobediente. É um anjo destruidor, destrói tudo, casamentos, negócios, saúde e a felicidade em geral. Comanda as forças infernais contra as forças de Deus, é tido como o mais importante rei dos infernos, possuindo ao seu serviço oitenta legiões de demônios. Ele é responsável pelo pecado, orgulho, arrogância e loucura.

     Antes da revolta contra Deus, Belial era o primeiro arcanjo da criação na hierarquia celestial, seguindo-se depois dele, em segundo lugar, o arcanjo Miguel (que assumiu o posto após a derrota na revolta), depois Gabriel em terceiro, seguido de Uriel em quarto e Rafael em quinto. A sua expulsão do reino de Deus consolidou a hierarquia celeste tal como a conhecemos hoje em dia.

 

 

Belphegor

     Um importante demônio, que concede a capacidade de realizar descobertas e invenções. É um demônio extremamente inventivo, sendo o criador de todas as ideias de armas e aparelhos de destruição, tortura e controle do comportamento humano. Ele, também, gera grandes riquezas e prosperidade material.

 

 

 

 

 

Belzebu

     É o tenente dos exércitos infernais, estando diretamente sob a autoridade de  Lúcifer, o imperador do Inferno. Possui o título de “Senhor das Moscas”. Dizem alguns Grimórios e estudos demonológicos, que Belzebu é uma das três entidades que constituem a profana trindade dos infernos, aquela que se opõe á santa trindade dos céus. Esta trindade seria constituída por Lúcifer, Astaroth e Belzebu. É lhe atribuído o pecado da gula, preside os Sabbath das bruxas, pois é senhor de todos os rituais que ali se celebram. E a eucaristia das missas negras, é realizada sob o selo de Belzebu.

     Alguns estudiosos afirmam que desde mil anos atrás é ele quem domina o inferno.

 

 

Berith

     Um dos grandes duques do inferno, tendo sob sua ordem trinta e seis legiões de espíritos impuros. Pode conceder o saber a respeito do passado, presente e futuro, se diz ser capaz de transmutar metais em ouro, o que é na verdade é uma metáfora para a capacidade de conceder riquezas através de processos místicos.

 

 

Bifrons

     Pode conceder saber sobre a astrologia, a medicina, a geometria e conhecimentos sobre plantas e pedras mágicas. O demônio Bifrons habita normalmente junto de cemitérios, dos quais é senhor.

 

 

 

 

 

 

Bruxa

     Na Idade Média, a bruxa era considerada um ser sobrenatural de natureza demoníaca, ou pelos menos híbrida, pois se pensava ser fruto da relação entre um demônio e um humano. De acordo com o Malleus Maleficarum, uma demônio feminina denominada succubus poderia ter relações sexuais com um humano, ao abrigo das trevas noturnas e sem que este pudesse se defender do ataque. O succubus  recolhia assim o sêmen, e então o usaria para engravidar outras mulheres. As crianças nasceriam como bruxas, filhas do demônio.

     Outra explicação, podiam, também, não nascer bruxas, mas tornarem-se bruxas através de um pacto com o demônio. Nesse caso, a bruxa tornar-se-ia amante do diabo, e em troca de relações sexuais com o ele, receberia os seus poderes. Os poderes das bruxas, sejam eles quais forem, denominam-se: “dom das trevas”, e assim como no I Livro de Coríntios  podemos ler quais são os 9 dons espirituais que vem do alto, (de Deus), desta forma, existem igualmente 6 dons das trevas, que vem dos demônios.

 

 

 

Bune

     É um dos grandes duques do inferno, possuidor de trinta legiões de demônios. Pode fazer desaparecer cadáveres, e transformar os mortos em demônios que ficariam sob seu poder. Devido a isso, ele é um espírito impuro que pode ser encontrado junto de sepulcros. O demônio Bune pode conceder eloquência na arte da oratória, facultar respostas certas e também favorecer nas riquezas.

 

 

 

 

 

Caim

     Autor do 1° assassinato, foi condenado à vida eterna nos infernos na condição de espírito terreno e impuro, ou demônio. Caim é referenciado na Ars Goetia, como um demônio que favorece disputas, assim como quem concede ao homem o entendimento e influência sobre as aves, os cães, (entre outros animais), e as águas. Ele, também, pode predizer o futuro.

     Nasceu da relação sexual entre Eva e Lúcifer, sendo esse o motivo pelo qual Deus o rejeitou, (Caim era um nefilim, ou seja: parte humano e parte angélico, fruto de uma relação carnal entre anjo e mulher, algo que Deus repudia e que inclusive foi o motivo do Dilúvio), assim induzindo-o  à perdição.

 

 

Camaris

     Tem o posto de marquês do inferno e possui vinte legiões de espíritos impuros sob seu comando. Camaris é  uma divindade guerreira, possuidora da capacidade de descobrir coisas perdidas ou escondidas, assim como de ensinar ao homem a gramática, a lógica e a retórica. Este demônio pode levar o homem a tornar-se guerreiro.

 

 

 

Caramulhão

     Um dos demônios do folclore brasileiro. Uma pessoa faz o pacto com o Capeta oferecendo-lhe sua alma, em troca de muita riqueza. Então, ela procura um ovo de galinha especial, fecundado na ave pelo próprio Diabo. Daí, a pessoa leva o ovo para casa, e após 40 dias nasce um Diabinho. Pode ser chamado de Caramulhão, Cramulhão, Cramunhão ou Diabinho da Garrafa. É ele quem vai enriquecer seu dono. E no final da vida do mesmo, o Caramulhão leva a sua alma para o Inferno.

 

 

Cerberus

     Na mitologia grega, Cérbero era um monstruoso cão de múltiplas cabeças e cobras ao redor do pescoço que guardava a entrada do Hades, o reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem e despedaçando os mortais que por lá se aventurassem.

 

Chemosh

     Deus nacional de moabitas, mais tarde "demonizado" pela igreja católica. Era conhecido na Antiguidade como "a abominação de Moab".

 

Cimeries

     Também conhecido como Kimaris, segundo a Ars Goetia ele monta um cavalo negro e rege todos os espíritos da África.

Coyote

     Deus das travessuras segundo os nativos norte-americanos

 

 

Crocell

     Um dos duques do inferno, e quando invocado corretamente pode conceder sabedoria sobre geometria e outras ciências. Este  demônio é conhecido pela forma obscura e misteriosa como fala com quem o contacta, e pode revelar fontes escondidas de água. O demônio Crocell pode manifestar-se na ilusão do som de águas correntes.

 

Dahata

     Também conhecido como Azhi Dahaka, é um dragão tricéfalo imortal da mitologia persa. Controla as tempestades e pode trazer doenças.

 

 

 

 

Dantalion

     Duque dos infernos que possui 36 legiões de espíritos impuros. Dantalion concede saber sobre artes de ciências, assim como conhece os pensamentos de todos os seres humanos, e pode fazer revelações preciosas sobre outras pessoas e as suas intenções, fraquezas, suas ideias, seus desejos, etc. Este demônio não só conhece as ideias de todos, como também, pode influir e levar que estas sejam alteradas. Dantalion pode por um lado ser o causador do amor entre homem e mulher, e por outro, ser o gerador de ilusões ou alucinações.

 

Decarabia

     Possui 30 legiões de espíritos impuros ao seu serviço. Este demônio conhece as virtudes das ervas e pedras, ao passo que pode assumir a forma de um pássaro.

 

 

 

 

 

Demogorgon

     Conhecido por ser possuidor de um esplêndido palácio situado nas montanhas do Himalaia. A cada cinco anos, todos os demônios e gênios são convocados a comparecer nesse suntuoso palácio, a fim de prestarem contas das suas atividades demoníacas e feitos infernais. Esta convenção de demônios é extremamente parecida com os Sabbath das bruxas, e há quem alegue que as lendárias reuniões das bruxas são inspiradas neste ritual demoníaco. Este demônio não é retratado com forma humana, (nem masculina, nem feminina), mas apenas como um espírito obscuro e sem forma. Dizem que este espírito demoníaco pode revelar em toda a sua extensão, a verdadeira natureza do mistério da vida e da própria criação, sendo que esse elevadíssimo saber pode levar um comum mortal á loucura.

 

 

 

Diabo

     Diabo (do latim diabolus, por sua vez do grego διάβολος, transl. diábolos, "caluniador" ou "acusador") é o título mais comum atribuído à entidade sobrenatural maligna da tradição judaico-cristã. Tratado como a representação do mal, em sua forma original era um anjo serafim, responsável pela guarda celestial, que foi expulso dos Céus por ter criado uma rebelião de anjos contra Deus com o intuito de tomar-lhe o trono.

 

 

 

Drusila

     É um súcubo, um poderoso demônio sexual que atua no plano astral. Ela tem a posse de uma parte dos domínios terrestres de Satã. Está encarregada de degenerar sexualmente e prostituir a humanidade. Tem muitos seguidores e seguidoras no plano astral. É chefe de vários súcubos e íncubos que atacam a humanidade à noite durante o sono.

 

Duma(h)

     Demônio do silêncio e da quietude da morte. Duma é o guardião do décimo quarto portão do Inferno e um espírito associado ao anjo da morte e o seu fenômeno ontológico.

 

 

Eligos

     Governa sessenta legiões de espíritos infernais, e pode conceder a capacidade de descobrir coisas perdidas ou escondidas, assim como de revelar o futuro sobre guerras e conflitos. Este demônio também pode captar o apoio e favores de pessoas importantes.

Enma-O

     "Grande Rei Yama" em japonês, era o regente e juiz do Inferno nipônico.

 

 

 

 

Familiares

     Também conhecidos como espíritos familiares, é uma estirpe de demônios menores, subordinados ao Diabo e assistentes das bruxas nas ações maléficas. As pessoas acreditavam que eles viveriam alojados em certas partes do corpo da bruxa, numa relação simbiótica, ou então que eram por ela guardados em frascos e garrafas. Com frequência, os espíritos familiares assumiam a forma de pequenos animais, em geral domésticos: gatos, ratos, cães, sapos e até moscas. Os espíritos familiares foram elementos comuns, sobretudo, na tradição inglesa de bruxaria.

     Às vezes, as pessoas procuravam a ajuda desses espíritos, não com o intuito de praticar o mal, mas para que lhes ajudassem a diminuir seus sofrimentos e aflições na vida.

 

Forneus

     Marques no reino dos infernos, possui 29 legiões de demônios sob seu comando, pode conceder o dom de retórica, assim como favorecer os laços de fidelidade entre pessoas.

 

Furcas

     Um dos cavaleiros do inferno, governa 20 legiões de espíritos impuros, concede ensinamentos de Filosofia, Astronomia, Astrologia, lógica, retórica, quiromancia e piromancia.

 

 

Furfur

     Governa sobre 29 legiões de espíritos infernais, é um espírito da mentira, que apenas revela a verdade se forçado a tal através de meios místicos adequados. Ele causa amor entre homem e mulher. Este demônio tem o poder elemental de influir em tempestades, trovoadas e relâmpagos. Se for obrigado a dizer a verdade, revela as mais profundas verdades sobre os divinos segredos de todas as coisas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Gênio

     Os gênios podem ser elementais quando se manifestam, ou são associados a manifestações, na natureza, água, fogo, terra e ar; ou atributivos, quando se manifestam no ser humano, por meio de qualidades como, vícios, artes, etc..

     Também são conhecidos como Djin ou Jin. É uma raça de criaturas que se situam entre aquilo que é o ser humano e os demônios. Se o ser humano é de carne e osso e mortal, e os demônios são apenas espíritos e eternos, os gênios são, de certa forma, feitos de matéria como os humanos, mas de tal forma etéreos que se assemelham a fumaça; não são imortais como os demônios, mas de uma grande longevidade em relação aos humanos.

     Os Jin (significa invisibilidade ou isolamento) são conhecidos por conceder todo o tipo de desejos aos humanos que os conseguem invocar, contudo, aquilo que concedem é  sempre extremamente perigoso, pois, encontra-se sempre acompanhado de consequências colaterais. Desta forma, ao mesmo tempo em que oferecem o sonho, semeiam nele as raízes do pesadelo; ao mesmo tempo em que concedem a mais divina flor, concedem também o mais doloroso espinho. Os Jin devem permanecer em isolamento, pois a sua relação com os humanos é demasiadamente complicada: se bem que alguns gostam do ser humano e os ajudam, mas a maioria não perde uma oportunidade para causar desgraça, e apenas responde aos pedidos humanos sob coação.

 

Ghoul

     O ghoul, ghul ou ainda ghol, é um monstro canibal da mitologia árabe antiga que habita e reside em cemitérios e outros locais inacessíveis. O nome original da criatura é الغول (ghūl), que significa "demônio".

Gorgo

     Também escrito como Gorgon, outro nome da Górgona. Seu nome, do grego 'gorgós', quer dizer "terrível".

 

Haagenti

     Grande presidente das regiões infernais, possui 33 legiões de espíritos impuros, tem o poder de tornar os homens sábios. Dizem que ele tem capacidade de transmutar metais em ouro, sendo que tal fato traduz metaforicamente a competência de oferecer riquezas ao homem, e também, de transmutar água em vinho.

Haborym

     Na demonologia, Aim (também pronunciado Aym or Haborym), é um Grande Duque do Inferno, e tem sob seu comando vinte e seis legiões de demônios.

Hypnos

     Deus grego do sono, às vezes em algumas demonologias ele aparece como demônio, habita os limites do Mundo Inferior.

Iblis

     Líder dos jins na mitologia islâmica, associado ao Lúcifer cristão.

 

Ifrit

     Nomes dado a uma classe de Djinni infernais (Djin), notórios por sua grande força e astúcia. É uma enorme criatura alada constituída de fogo, que vive no subsolo e costuma frequentar ruínas.

Imp

     Um demônio pequeno que fica feliz sempre quando acontece alguma desgraça.

 

Incubus

ou

Íncubo

     São uma classe demoníaca masculina, se alimentam das almas das mulheres quando estão mantendo relações sexuais, enquanto ainda dormem. Certas doutrinas demonologistas consideram que os Incubus são na verdade  anjos que caíram em virtude do seu gosto pecaminoso pelo prazer carnal. Incubus são  masculino de Succubus.

 

Iphtriz

 

     Demônio fêmea que reina num local do Inferno em que as almas que nele estão não têm coração, segundo as lendas portuguesas. Sedutora e manipuladora, Iphtriz é representada com uma serpente em volta do corpo.

 

Kali

     Do sanscrito Kālī काली, é  uma das mais importantes divindades da mitologia na Índia, era conhecida, entre outras características, pela sua sede de sangue, e devido a isso, alguns a consideram como demônio.

Krikoin

     Na religião dos esquimós, é o demônio do mal, que persegue os cães que ficam ao lado de fora das casas, nas noites frias.

 

 

 

 

Legião

     Legião é o nome que se dá a toda possessão coletiva, no qual dois ou mais espíritos infernais habitam o mesmo corpo. Existem relatos em que mais de uma centena de demônios sobrepujam uma mesma pessoa, nestes casos o próprio discurso e comunicação são comprometidos, pois é como uma multidão falasse usando uma só boca. Tal fenômeno explica em parte comportamentos esquizofrênicos no qual o possuído apresente personalidades múltiplas distintas a de seu próprio caráter diário.

     De acordo com a Bíblia, Legião foi o nome pelo qual se identificou um dos dois homens endemoninhados, com quem Jesus se encontrou na região ao Leste do Mar da Galileia (Mateus 8:28-34; Marcos 5:1-20; Lucas 8:26-39).

 

Leonardo

     A este demônio esta geralmente associada à figura de um bode negro, pois ele pode-se manifestar corporeamente dessa forma junto dos humanos. O demônio Leonardo é a divindade da feitiçaria, e preside a todos os Sabbath das bruxas.

 

 

 

 

Leviatã

     Um dos quatro príncipes coroados do inferno. É o monstro marinho bíblico, de enormes proporções e rei de todas as criaturas do mar. Seu nome vem do hebraico, e significa literalmente; Serpente Tortuosa, uma referência tanto a sua natureza animalesca como ao seu aspecto oculto.  Seu arquétipo refere-se a brutalidade, ferocidade e aos impulsos mais selvagens e incontidos da humanidade.

     Também é chamado de "O Grande Embusteiro", pela facilidade com que triunfa em lances políticos, tratados comerciais e intrigas palacianas. Favorece os homens e as mulheres que gostam de correr o mundo, servindo-lhes para obter fama e honras, é patrono da  Melancolia e da Poesia.

Lilin

     Nome com que os judeus chamavam os súcubos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lilith

     Em grego-hécate; “A que fere de longe", no hebraico Lilith significa "A Noturna". Mulher bonita e silenciosa, com uma profunda solidão. A Serpente da Sedução, a Mãe da Luxúria. Demônio feminino, mãe de demônios. Possuidora de grande beleza, é a concubina preferida de Lúcifer, (uma das suas 5 esposas), e possui o título de rainha do Inferno. Lilith é um Succubus e consorte do demônio Samael.

     Lilith é na verdade a primeira mulher de Adão, a primeira mulher criada por Deus e que antecedeu Eva. Contudo ao contrário de Eva que foi criada a partir da costela de Adão, e assim era obediente, Lilith foi gerada em pé de igualdade com Adão, e por isso revelava traços de grande independência, o que desagradou ao seu esposo humano. Lilith era também livre e lasciva, sendo que se recusava a sujeitar sexualmente a Adão, ou sequer a se submeter à sua suposta superioridade, (Lilith recusava-se a ficar debaixo de Adão durante o coito, sendo que Adão não aceitava essa posição de inferioridade do macho), o que muito desagradava ao primeiro homem. Por assim ser, Lilith abandonou o Paraíso e fugiu para o Mar Vermelho, onde conheceu e manteve relações com diversos demônios. Ao perceber que a sua esposa tinha fugido, Adão queixou-se chorosamente a Deus. Deus ouviu os lamentos de Adão, e enviou 3 dos seus anjos para ir buscar Lilith e fazê-la regressar para junto do seu esposo. Ela foi abordada pelos 3 anjos que a foram buscar, a quem maliciosamente respondeu que já não poderia regressar ao paraíso para viver na companhia do marido, pois já se tinha desgraçado nas suas prostituições com os demônios e não era digna do esposo. A resposta fazia sentido, e o fato assim permaneceu consumado. Lilith continuou a viver na companhia dos demônios, prostituindo-se com eles e dando origem a filhos igualmente demoníacos. Adão ficou só, e Deus achou que isso não era bom, criou uma segunda mulher: Eva. Eva foi também seduzida por Lúcifer, e dessa relação nasceu Caim.

     Uma coisa importante sobre Lilith, é o fato dela ser considerada o Portal de Lúcifer, uma vez que todos os caminhos dela levam a Lúcifer. Em Astrologia, sua influência foi cientificamente provada em 22/11/1897 por Waltemath: “... a partir deste ano, uma centena de anos depois, a força obscura da natureza humana feminina estará crescendo rápida pelo mundo.” De qualquer modo, ela é um arquétipo muito antigo, perdido no tempo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lúcifer

     O seu nome em hebraico, (הילל בן שחר) significa “estrela da manhã”, “estrela da alvorada”, ou “luz da alvorada”, estando todas estas expressões associadas ao planeta Vênus que antes da alvorada, aparece como a primeira fonte de luz do dia que esta para nascer. Ele é o mais belo, sábio e poderoso ser criado por Deus, um anjo, (um querubim), caído cujo o exílio do reino de Deus se deveu à sua tentativa de usurpar o trono do seu pai e ser igual a Deus. Lúcifer foi feito a partir do fogo no primeiro dia da criação, é possuidor de doze asas brancas de invulgar envergadura e é o primeiro filho de Deus.

     Ele era um anjo de Luz que por rebelar-se contra o seu pai, gerou uma guerra celestial. Havendo-a perdido, ele e todos os anjos que o apoiaram, (cerca de 1/3 dos anjos dos céus), foram banidos da presença de Deus e exilados no mundo dos mortos, ou “Sheol”. Lúcifer é também conhecido por ser o “portador da luz”, pois é o anjo da sabedoria. Tentou oferecer a sabedoria a Eva, dando-lhe a provar o fruto da árvore do conhecimento, (conforme no livro de gênesis), motivo que acabou gerando a expulsão de Adão  e Eva do paraíso. Algumas tradições místicas hebraicas afirmam que Caim é filho de Lúcifer e não de Adão, fato pelo qual Deus desgostava dele e o rejeitou, conduzindo-o ao homicídio de Abel.

     Acreditam também certas tradições que foi contra Lúcifer que Jacob lutou, pois ele era o anjo guardião de Caim e confrontou Jacob, desejando vingar-se do seu protegido. Lúcifer pode facultar sabedoria sobre todos os mais profundos segredos místicos e do oculto, assim como pode conceder um dos 6 dons das trevas, é também pai de Mammon, e possui 5 consortes, sendo que Lilith é a sua imperatriz.

 

Lucifuges

     É um espírito da noite, detém o titulo de Marquês dos infernos. Este é um demônio das trevas com grande aversão à luz, e é um espírito de vingança extremamente perigoso, que pode matar apenas pelo seu toque ou pelo seu mero sopro.

 

 

Mammon

     Ele é relacionado com a avareza, pois é responsável pela concessão de riquezas, a palavra Mammon em hebraico significa dinheiro; filho de Lúcifer e Lilith, e meio irmão de Caim (filho de Lúcifer e Eva), e Asmodeus (filho de Lilith e Adão). Mammon, Asmodeus e Caim constituem a trindade dos primeiros primogênitos.

Mania

     Deusa etrusca dos mortos.

Mantus

     Divindade infernal dos etruscos, esposo de Mania.

Mara

     Personificação da "morte" da vida espiritual, segundo a cosmologia budista. Tentou seduzir o Buda Gautama com a visão de belas mulheres, tidas como suas filhas.

 

Mastema

     Mastema é o nome de um arquidemônio que aparece pela primeira vez na literatura israelita do Período do Segundo Templo, como a personificação da palavra hebraica "Mastemah",que significa "ódio", "hostilidade", "inimizade" ou "perseguição".

 

Melek Taus

     Alguns cristãos, muçulmanos e outros identificam Melek Taus como Lúcifer ou Satanás. Os Yazidis têm uma proibição cultural contra proferir a palavra "Satanás". Melek Taus é "Anjo de Deus", e é assim que os Yazidis o veem.

Mefistófeles

ou

Mefisto

     Personagem satânica da Idade Média, conhecida como uma das encarnações do mal, aliado de Lúcifer na captura de almas inocentes. Em muitas culturas também se toma como sinônimo do próprio Diabo.

Mictecacihuatl

    Deusa asteca da morte, esposa de Mictlantecuhtli.

Mictlantecuhtli

    Deus asteca da morte.

Moloch

ou

Morloch

    Como alguns outros deuses e demônios encontrados na Bíblia, Moloch aparece como parte da demonologia medieval, como um príncipe do Inferno. Moloch encontra prazer especial em fazer chorar as mães, especializando-se em roubar os seus filhos.

 

 

Mormo

     Na mitologia grega, Mormo era um espírito malvado com as crianças, companheiro da deusa Hécate. O nome também é utilizado para identificar um vampiro do sexo feminino; também, é citado como criatura em histórias contadas às crianças gregas por suas enfermeiras para repreendê-los por mau comportamento. Esta referência é encontrada principalmente em algumas das peças de Aristófanes.

Mulher-Má

    Demônio fêmea da sedução.

 

Naberius

É um espírito infernal que pode conceder grande sabedoria nas áreas da lógica aplicadas à grande arte da persuasão, das quais ele é um mestre inspirador. Por tudo isso, é também um demônio que pode garantir grandes honrarias, reconhecimentos e louvores.

 

 Nahemah

     Um demônio feminino, que possui o poder da sedução. A sexualidade e o desejo carnal são os seus domínios de influência sobre o ser humano. Ela é um Succubus, e por alguns demonologistas é considerada a princesa dos Succubus. A rainha desta classe de demônios é Lilith.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nefilins

     O termo Nefilins, advém etimologicamente do hebraico נְפִלנ ְפִיל, que significa: "os que fazem os outros cair". Os Nefilins tratam-se de uma raça híbrida, que era o cruzamento entre anjo celeste encarnado e uma mulher. Em troca das relações sexuais com as mulheres, os anjos ensinaram-lhes a ciência, a astrologia e a magia negra. Os filhos desta união, (os nefilins), possuíam poderes sobrenaturais e eram conhecidos como os “heróis da antiguidade”, e foram chamados de “semideuses”.

     O Deus HYHV considerou que a união entre anjos e humanas era contrária à própria natureza tanto dos humanos como dos anjos, e por isso contranatural e logo abominável; ainda mais, a concessão da sabedoria aos humanos, (desde as ciências, magia negra, etc.), era uma violação das regras divinas que também separavam  anjos e humanos, uma vez que desde o inicio, já no paraíso, Deus havia proibido que os seres humanos acedessem á árvore da sabedoria; por último, a raça de nefilins simbolizava tudo o que mais era abominável a Deus: estes seres não eram nem anjos e nem humanos, possuíam um poder que ultrapassava o que era permitido aos homens, e podiam conceder sabedoria e feitos que levassem os humanos a evoluir fora dos limites impostos, e eram pela sua natureza semidivina facilmente idolatráveis, o que para o Deus HYHV, (um deus ciumento), deixar de adorá-lo para adorar outros seres celestes, é a maior das afrontas.

     Segundo as escrituras, por tudo isto, Deus arrependeu-se da criação e enviou o dilúvio que tudo destruiu, sobrevivendo apenas Noé, sua família e os animais na arca. De acordo com a tradição judaica cristã, quando o dilúvio devastou a face da terra, os anjos que abandonaram os céus, incorporados e assim casados com as mulheres, desincorporaram e regressaram á sua forma celeste. Contudo, já não podiam regressar á presença de Deus, e se transformaram em demônios. Também os espíritos dos nefilins, (que morreram no dilúvio), foram condenados a vaguear eternamente pela terra, transformando-se em espíritos impuros ou demônios.

Nergal

     Deus sumério da guerra e da morte.

Oni

     O termo "Oni" é equivalente a "demônio" ou "ogro", porque tais seres da mitologia japonesa podem ser descritos numa variedade grande de entidades.

Pazuzu

     Demônio da pestilência, dos ventos infernais do sudeste. O demônio Pazuzu pode ser invocado para auxiliar à expulsão de outros espíritos nos exorcismos.

 

 

Puca

     Criatura do folclore celta, nomeadamente da Irlanda, oeste da Escócia e País de Gales. Segundo a lenda, a Puca ("fantasma", no antigo irlandês) é um ser de habilidade mutante, capaz de assumir uma variedade de formas terríveis ou agradáveis, e pode aparecer como um cavalo, coelho, cabra, duende, ou um cão. Mas, independente da forma que ela tome, sua pele é quase sempre escura. É mais comum ter a forma de um cavalo preto lustroso com uma juba fluindo e luminescentes olhos dourados.

Queres

     Deusas da mitologia grega associadas à morte violenta. Elas se alimentam dos cadáveres na guerra.

Saarecai

     Demônio menor que habita os buracos da casa, mas não faz mal a ninguém.

Sallos

     Pode facilmente incorporar na água, é um dos duques do inferno, com trinta legiões de espíritos sob sua ordem e comando. O demônio Sallos é um espírito perito em assuntos afetivos e carnais entre homens e mulheres.

 

 

Samael

     Segundo a etimologia, Samael significa Veneno (Sam) de Deus (El). Está relacionado com a morte, com os pecados da ira e da violência, ao passo que concede o poder da prática da magia negra. Sua consorte é Lilith.

     Para alguns demonologistas, antes da sua queda, Samael era a mais alta entidade celestial no trono de Deus, e é na verdade o anjo da morte. Há quem afirme que Samael não foi banido por Deus, mas que se exilou por vontade própria.

 

Satanachia

     Um dos grandes generais dos infernos e a sua influência faz-se sentir com  mais poder durante a fase da lua crescente. Pode manifestar-se no nosso mundo na forma de uma flor ou de um inseto venenoso, e tem a faculdade de aliviar as dores.

 

 

 

 

 

Satanás,

Satan

ou

Satã

     O termo Satã advém do hebraico שָטָן, (em árabe شيطان), que significa “acusador”, “adversário”, ou “opositor”, geralmente aplicado à encarnação do Mal em religiões ditas monoteístas.

     Satã embora tenha sido um anjo criado por Deus, é tido como um dos anjos que se rebelou contra Deus. É comum o erro de confundir Satã com Lúcifer; Lúcifer é o filho de Deus, (por isso, o “portador da Luz”), que se rebelou contra o seu próprio Pai e desejou usurpar-lhe o trono celestial, Satanás é um anjo que simplesmente abandonou o reino dos céus. Enquanto que Lúcifer é um rebelde que se opõem a Deus, Satã é um anjo desertor que de livre vontade abandonou o seu lugar no reino celestial.

     Ele abandonou este Reino para manter relações sexuais com as humanas, e desta forma, foi acompanhado por cerca três centenas de anjos que desceram á terra. Foi Satã, (e os seus seguidores), que num ato de rebeldia contra Deus,  entregaram á Humanidade o saber sobre todas as ciências: astrologia, astronomia, física e química, os segredos da fabricação de metais, as leis, a magia, etc.

Set

ou

Seth

     Popularmente conhecido com a primeira encarnação histórica do diabo, o deus egípcio Set, possui a fama de ser o patrono do caos, da intriga e da violência. Mas a mitologia egípcia atribui a ele ao mesmo tempo o assassinato de seu irmão Osíris, e a fundação do Egito como civilização.

 

Stolas

     Na demonologia, Stolas (também é conhecido como Stolos e Solas), é o Grande Príncipe do Inferno, e tem sob seu comando, 26 legiões de demônios (25 segundo outros autores), e ensina o conhecimento da astronomia, plantas venenosas, plantas aromáticas e pedras preciosas.

 

Súcubo

     Na lenda medieval ocidental, um súcubo (do latim 'succubus', "aquela que está deitada sob") é um demônio com aparência feminina que invade o sonho dos homens a fim de ter relações sexuais com eles.

Tânatos

     Personificação da morte na mitologia grega. É irmão gêmeo de Hipnos, deus do sono.

 

 

 

Tengu

     Os Tengus são criaturas do folclore japonês, uma espécie de duende cujas lendas possuem traços tanto da religião budista quanto da xintoísta. Habitam florestas e montanhas. O traço físico mais marcante dos Tengus são seus longos narizes.

     Acreditava-se que possuíam vários poderes sobrenaturais, entre eles a capacidade de mudar de forma, ventriloquismo, teletransporte e a habilidade singular de penetrar no sonho dos mortais. O Tengu é um guerreiro habilidoso, mas sua principal diversão é causar desordem.

 

Urobach

     Demônio que pode manifestar neste mundo se incorporando num cavalo. Este é um dos príncipes do inferno, que tem a capacidade de dar conhecimento sobre coisas passadas, presentes e futuras, ao mesmo tempo em que pode conceder grandes honrarias.

 

Xaphan

     No livro de Collin de Plancy, o 'Dictionnaire Infernal', Xaphan é um dos Anjos Caídos. Ele se rebelou com Satanás, e é um demônio de segundo posto. Ele ficou conhecido por ter uma mente inventiva e surgiu com a ideia de atear fogo ao Céu antes que ele e os outros rebeldes fossem expulsos.

 

Yan-gant-y-tan

     Nome de um demônio da antiga Bretanha (atual Grã-Bretanha). Colin de Plancy, no 'Dictionnaire Infernal', dá o significado do seu nome como 'Wanderer in the Night' ("Peregrino da Noite"), mas a tradução do seu nome do idioma bretão parece ser cognato de 'John with the Fire' ("João com o Fogo"). Encontrá-lo é sinal de mau presságio.

 

Zagan

     Demônio da falsificação ou da criação de falsidades que parecem ser reais. Ele é um dos presidentes das regiões infernais, e também é capaz de conceder boa disposição e sentido de humor, ao mesmo tempo, que tem a capacidade de transformar água em vinho, e vinho em sangue.

 

Zepar

     Uma deidade de guerra, um espírito infernal possuidor de 30 legiões de seres demoníacos, e que tem o poder de seduzir as mulheres de forma irresistível, mas também as pode tornar estéreis.

 

Ziz

     É uma entidade que assume a forma de um pássaro gigante de enormes proporções, cuja a envergadura de apenas uma das suas asas pode cobrir todo o sol. Este demônio pertence á categoria de entidades bestiais, tal como Leviatã.

 

Eduardo Logan

  Fontes:

http://www.sobrenatural.org

http://www.magianegra.com.pt/

http://www.mortesubita.org/

http://pt.wikipedia.org

http://www.renovado.kit.net/

11 comentários:

  1. Putz, interessante que vários desses conhecidos um dia foram anjos O.O

    lol

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo post

    Conheça o novo agregador de links www.surpriselink.com/Inicial nele você pode enviar links com imagem e sem imagem, enviar links com liberação imediata, widgets customizados para seu site/blog e o novo sistema de mensagens e amigos para você convidar outras pessoas a visitarem seu blog.

    Lembre-se quanto mais links você tiver na net, mais facil os buscadores acharão seu site/blog.
    Liberação de link imediata é bem melhor que ficar esperando não é? Então faça uma visita agora mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!! Sou fascinado por isso!! Ótimo post!!

    ResponderExcluir
  4. eu já ouvi falar do exu caveira, zé pilintra, mariana da noite, pomba-gira-mirim, pomba-gira-rainha. esses são demonios?

    ResponderExcluir
  5. Muito muito muito interessante
    podia ter de anjos celestes tbm!!!

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHAAHAHAHAHHAHA
    HUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUAHUAHA
    KKKKKKKKKKKK
    BOA!

    ResponderExcluir
  7. todos esses da umbanda são demonios só que com nomes diferentes

    ResponderExcluir
  8. Olá, qual demônio Ou entidade pode invadir o sonho e projetar imagens que ele quer? Não era um sucubu pois não eram imagens sexuais, não conseguia acordar ou me mexer, quando consegui acordar Vi na cabeceira da cama algo parecido com um gênio. Se puder ajudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, talvez nem seja um demonio o q vc relatou, pode ser apenas espiritos obsessores q existem em todos os lugares. Vc pode procurar na net uma pessoa q acho muito boa q fala desse lado do espiritismo, chamado Saulo calderon, ele tem videos no youtube respondendo duvidas etc.
      Espero ter ajudado

      Excluir
  9. Existe algum demonio q tenha haver com arvores???
    tipo uma fisionomia preso a uma arvore? seria de grande ajuda alguem me responder...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails