Menu

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Afrodite

 

Nova Imagem

     Do grego “Αφροδίτη”, era a deusa da beleza, da fecundidade, e do amor. Em sua teogonia reza a lenda de que sua origem se deu, quando seu irmão Cronos, a pedido de sua mãe, castrou seu pai (Urano), e jogou os seus testículos no mar, o sêmen de Urano caído no mar formou as ondas chamadas de (aphros), e desse fenômeno nasceu Aphroditê ("espuma do mar"), que foi levada por Zéfiro (vento do oeste, filho de Eos e Astreu) para o Chipre. Também se têm considerações de Afrodite como duas deusas distintas: esta já citada Afrodite Uraniana e Afrodite Pandemos, que significa “Afrodite comum de todos os povos", nascida de Zeus e Dione (deusa das ninfas, filha de Urano e Tálassa). A Afrodite Uraniana é vista como uma Afrodite celeste, representando o amor de corpo e alma, enquanto a Afrodite Pandemos está associada com o amor puramente físico.

Filhos de Afrodite

Nova Imagem (1)

    Com Hermes (deus mensageiro) teve o filho Hermafrodito; com Ares (deus da guerra), teve Eros (deus da paixão e do amor) e Anteros (deus da ordem), dependendo da versão é dito que ela teve esses filhos com Hefesto (deus do fogo, dos metais e da metalurgia), ou ainda com Zeus, mas apenas quando Afrodite é filha de Tálassa. Anteros também pode ter sido filho de Adônis numa versão menos conhecida; Também com Ares, mas sem muitas divergências, teve Fobos, Deimos e Harmonia; com Apolo (deus da luz do sol, poesia, música), Himeneu; com Dionísio (deus das festas, vinho), Príapo; com Poseidon (deus dos mares), Eryx; com Anquises (príncipe troiano), Enéias; e com Taumas teve Mirtros

Guerra de Tróia

    Quando, no casamento de Peleu e Tétis, Éris lançou um pomo de ouro com a inscrição A mais bela; então, a rainha dos deuses, a deusa da sabedoria e a deusa da beleza disputaram a posse do pomo. Para resolver a querela, Páris, filho de Príamo, foi escolhido como juiz. As três deusas fizeram grandes promessas ao pastor em troca do pomo. Páris escolhe Afrodite, e recebe da deusa ajuda para receber sua recompensa por tê-la escolhido: o amor da mais bela das mulheres, Helena, esposa do rei de Esparta, Menelau. Páris rapta Helena, o que dá motivo para iniciar a guerra. Após muitos anos de guerra entre os aqueus e os troianos, a cidade é vencida e destruída.

 

Eduardo Logan

Fontes:

http://www.suapesquisa.com/pesquisa/afrodite.htm

http://pt.wikipedia.org/

Um comentário:

  1. Parabens pelo post
    Espero voltar aqui outras vzs
    Estou convidando vc a visitar o meu blog e se tornar um seguidor
    Já estou seguindo vc
    http://3fasesdalua.bolgspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...